Eritema Multiforme

Eritema Polimorfo

O Eritema Multiforme é uma doença inflamatória mucocutânea aguda e auto-limitada. É provocado por uma reação do organismo a medicamentos, infecções virais e bacterianas, sendo o herpes o agente viral mais comumente envolvido.

Sinônimos

Eritema Polimorfo

Etiologia

No Eritema Multiforme há um processo imunologicamente mediado por células inflamatórias sobre os queratinócitos que expressam antígenos não-próprios.  Esses antígenos são predominantemente oriundos do Vírus Herpes Simples (HSV-1 e HSV-2) e menos frequentemente de drogas e outros agentes virais ou bacterianos. Entretanto, em mais da metade dos casos não se consegue estabelecer relação com qualquer agente causal.

Clinica

As manifestações cutâneas aparecem inicialmente nas extremidades e geralmente sem pródromos, com quase todas as lesões aparecendo dentro de 24 horas. São constituídas predominantemente por placas, redondas, eritematosas que apresentam frequentemente, centro purpúrico formando estruturas que lembram anéis circulares, alvo, iris ou olho de boi. Ocasionalmente surge vesícula ou bolha também no centro da lesão

As mucosas podem estar envolvidas e caracterizam-se por placas eritematosas que sofrem necrose epitelial e evoluem para erosões ou ulcerações rasas com bordas irregulares e dolorosas.

Histopatologia

No Eritema Multiforme observa-se infiltrado inflamatório predominantemente linfocítico na interface dermo-epidérmica, ocasionais queratinócitos necróticos (corpos de Civatte),  alteração vacuolar na camada basal (Degeneração hidrópica) e edema da derme superficial. Nota-se eventualmente área de clivagem subepidérmica formando vesículas.

Referências Bibliográficas

  • Farthing PM, Maragou P, Coates M, Tatnall F, Leigh IM, Williams DM. Characteristics of the oral lesions in patients with cutaneous recurrent erythema multiforme. J Oral Pathol Med. 2005;24(1):9-13.
  • Lamoreux RM, Sternbach MR, Hsu TW. Erythema multiforme, Am Fam Physician. 2006;74(11):1883-8.