Leucemia Linfocítica Crônica

leucemia linfocitica crônica

A leucemia linfocítica crônica de células B (LLC) é umdoença maligna caracterizada pela acumulação de células B monoclonais maduras no sangue, gânglios linfáticos, baço, fígado e medula óssea. Esta é a leucemia mais comum em adultos na Europa e na América do Norte, com uma taxa de incidência anual da população de 3 a 5 casos por 100.000.

É diagnosticada principalmente em idosos, do sexo masculino e de cor branca. Lesões cutâneas em pacientes com LLC não são tão comuns, quando em comparação com as leucemias de células T ou linfomas. No entanto, alterações na pele ocorrem em até 25% dos pacientes com LLC. Estas podem aparecer devido a semeadura cutânea por células leucêmicas (leucemia cutis) e outras doenças malignas ou distúrbios não malignos. É mais comum o aparecimento de lesões secundárias, tais como púrpura, prurido, urticária, eritrodermia, vasculite cutânea, pioderma gangrenoso, síndrome de Sweet e algumas outras.As imagens abaixo mostram (a) infiltrações cutâneas nodulares roxo-avermelhadas no dorso do paciente com leucemia linfocítica crônica de células B, (b) uma biópsia da lesão cutânea mostrando infiltrado linfocitário monomórfico difuso (hemotoxilina e eosina) e as células neoplásicas expressarando antígenos CD19, CD20, CD23 e CD5.

Referências

  • ROBAK, E.; ROBAK, T. Skin lesions in chronic lymphocytic leucemia. Leukemia&Lymphoma, May 2007; 48(5): 855 – 865.