Lúpus Eritematoso Discóide

LECD

O Lúpus Eritematoso Discóide é a forma mais comum de lesão cutânea no lúpus. As lesões discóides são caracterizadas como placas recobertas por um tecido escamoso fino, que se estende ao folículo piloso. Inicialmente placas podem ser hiperpigmentadas, mas podem evoluir com despigmentação e progredir para lesões cicatriciais mais profundas, que são na maioria dos casos permanentes Essas lesões são dolorosas ao toque.

A forma discóide pode permanecer como uma doença exclusivamente cutânea, ou esses pacientes podem evoluir para a forma sistêmica da doença, que ocorre em cinco a 10% dos casos, especialmente quando as lesões são disseminadas.

Referências

  • Moura Filho, Jucelio Pereira, Peixoto, Raiza Luna, Martins, Livia Gomes, Melo, Sillas Duarte de, Carvalho, Ligiana Leite de, Pereira, Ana Karine F. da Trindade C., & Freire, Eutilia Andrade Medeiros. (2014). Lupus erythematosus: considerations about clinical, cutaneous and therapeutic aspects. Anais Brasileiros de Dermatologia89(1), 118-125.