Micose Fungóide (Placa)

micose fungoide placa

A micose fungoide (MF) é o tipo mais comum de linfoma cutâneo de células T, incluído na classificação de linfoma não Hodgkin. Histologicamente, a MF é caracterizada pela presença de células de Sézary-Lutzner (células T helper), as quais formam agregados na derme superficial e invadem a epiderme em pequenos grupos celulares. No momento do diagnóstico, há predominância de pacientes entre 55 e 60 anos, sendo mais comum no sexo masculino (1,6 – 2 homens : 1 mulher) e com rara incidência na infância e adultos jovens. Inicialmente, as lesões possuem um caráter genérico, similares às dermatoses inflamatórias (fase mancha), acometendo a pele em áreas não expostas ao sol, como cintura pélvica, nádegas, tronco inferior, virilhas, axilas e mamas. Com a evolução da doença, as lesões tornam-se infiltrativas, com placas elevadas eritematosas ou eritêmato-acastanhadas, com bordas bem delimitadas e contornos excêntricos.

Referências

  • Marta, Gustavo Nader, Gouvêa, Carolina Bueno de, Ferreira, Stéfani Bertolucci Estevam, Hanna, Samir Abdallah, Haddad, Cecília Maria Kalil, & Silva, João Luis Fernandes da. (2011). Micose fungoide: relato de caso tratado com radioterapia. Anais Brasileiros de Dermatologia86(3), 561-564.