Paniculite Pancreática

paniculite pancreatica

As paniculites são doenças inflamatórias que envolvem os lóbulos adiposos do tecido celular subcutâneo. Podem surgir por causa de mecanismos inflamatórios e/ou infecciosos. Geralmente, o quadro clínico das paniculites se manifesta por nódulos ou placas eritematosas, profundas, podendo ter ou não ulceração, podem apresentar localizações variadas, mas, preferencialmente, atingem as pernas. Via de regra, as paniculites são duradouras, podendo se prolongar ao longo de meses.

A paniculite pancreática, é um dos seus tipos e é classificada como uma paniculite predominantemente lobular, sem vasculite, com predomínio de neutrófilos no infiltrado inflamatório, pode estar associada a extensas áreas de necrose e saponificação de adipócitos. A paniculite pancreática está associada à doença do pâncreas. É uma condição rara, acomete 2-3% dos pacientes com doenças do pâncreas, tende a predominar em pacientes do sexo masculino por causa das maiores taxas de alcoolismo, e suspeita-se que se deva à liberação de tripsina, lipase, fosfolipase e amilase na circulação periférica.

Referências

  • SOUZA, Fernanda Homem de Mello de et al . Paniculite pancreática como a primeira manifestação de doença visceral: relato de caso. An. Bras. Dermatol.,  Rio de Janeiro ,  v. 86, n. 4, supl.1, p.125-128, Aug. 2011.
<< Retornar