Parafinoma

oleoma

Substâncias gordurosas líquidas são injetadas no pênis e no escroto, geralmente por não profissionais, em uma tentativa de aumentar o tamanho da genitália e melhorar a performance sexual. O parafinoma é considerado um granuloma esclerosante da genitália resultante dessa prática e é diagnosticado pela histopatologia.
O corpo não possui enzimas para metabolizar os óleos exógenos e uma reação a corpo estranho ocorre, sendo o parafinoma uma reação granulomatosa a um corpo estranho induzindo a formação de um lipogranuloma esclerosante.

Referências

  • Alcalde-Alonso, Mercedes; Velasco-Albendea, Francisco; Soto-Díaz, Agustín; Gómez-Avivar, Pilar; Torres-Gómez, Francisco. Indian Journal of Dermatology, Venereology and Leprology; Vellore Vol. 83, Ed. 1,  (Jan/Feb 2017).
  • PICOZZI, Stefano Carlo Maria; CARMIGNANI, Luca. Paraffinoma of the penis. International Journal Of Emergency Medicine, [s.l.], v. 3, n. 4, p.507-508, 21 ago. 2010. Springer Nature.