Pelagra

pelagra

Pelagra é uma doença decorrente da deficiência celular de niacina (vitamina B3). Resulta da suplementação dietética, inadequada de niacina e triptofano. As populações mais atingidas são: alcoolistas crônicos, portadores de doença gastrointestinal e de distúrbios psiquiátricos severos.

Clinicamente, apresenta-se com uma tríade clássica: dermatite, diarreia e demência. A dermatite manifesta-se por: eritema e escamação superficial, bilateral e simétrica, semelhante à queimadura solar, às vezes, com vesículas e bolhas; com prurido e queimação; localizados em áreas expostas ao sol, calor, fricção ou pressão. Involuem com hiperpigmentação castanho-avermelhada e pode ocorrer exacerbação após reexposição solar. Frequentemente, apresenta-se, na face, como uma erupção simétrica em asa de borboleta, na região cervical anterior como erupção bem delimitada, conhecida como “colar de casal”. As lesões assimétricas podem surgir em sítios de lesões antigas ou de estase.

Referências

  • Filgueiras FM, Stolarczuk DA, Gripp AC, Succi ICB. Lipomatose simé- trica benigna e pelagra associadas ao alcoolismo. An Bras Dermatol. 2011;86(6):1189-92.