Poliarterite Nodosa

poliarterite nodosa

A poliarterite nodosa é uma vasculite sistêmica caracterizada pela presença de um processo inflamatório agudo e necrose fibrinoide das artérias de pequeno e médio calibre. O curso pode ser agudo ou crônico, com grande variabilidade de sinais e sintomas devido aos diversos órgãos que podem ser afetados (sistema nervoso periférico, rins e pele).
As lesões são segmentares e ocorrem de preferência em locais de bifurcação de vasos. Na pele se apresenta com nódulos eritematosos, os quais podem ulcerar, nota-se ainda, livedo reticular, principalmente nos membros inferiores, a maioria dos doentes com ulcerações também apresentam nodulações concomitantemente.
Ao exame histopatológico, a doença cutânea revela vasculite de artérias médias e arteríolas. Os vasos afetados têm parede espessada e infiltração neutrofílica. Caracteristicamente, a túnica íntima arterial demonstra um anel eosinofílico de necrose fibrinóide, dando aparência semelhante a um alvo.

Referências

  • Silva Junior, Otacilio Figueredo, Freire, Eutília Andrade Medeiros, Bandeira, Francisco Chavier, Leite, Rodrigo Rodrigues Cavalcante, Amorim, Francisco Daniel Bezerra, Leite, Danilo Rodrigues Cavalcante, & Coury, Uirá Luiz de Melo Sales Marmhoud. (2010). Poliarterite nodosa: revisão de literatura a propósito de um caso clínico. Jornal Vascular Brasileiro9(1), 86-89.