Psoríase Pustulosa

psoriase pustular

A psoríase pustulosa corresponde a menos de 3% dos diagnósticos de psoríase, e é subdividida na forma localizada (geralmente de localização palmo-plantar) e na generalizada (também chamada de doença de Von Zumbusch).

Quadro clínico

As placas na psoríase pustulosa são caracterizadas por pústulas, inchaços elevados cheios de pus, tendo as mãos e os pés os mais afetados. A psoríase pustulosa também não é contagiosa.

  • Psoríase pustulosa generalizada (Von Zumbusch): quadro generalizado de pústulas estéreis, com febre e comprometimento do estado geral. Na maioria das vezes, ocorre em doente com psoríase em placas, após exposição a fatores de piora – hipocalcemia, interrupção de corticoterapia sistêmica, infecção, terapia tópica intempestiva.
  • Palmoplantar: quadro crônico limitado às palmas e/ou plantas de pústulas estéreis que ocorre em adultos, mais habitualmente no sexo feminino.

Referências

  • YUGE, S. et al. Departamento de medicina cutânea e interna. An Bras Dermatol, v. 80, n. Supl 2, p. S77-188, 2005.
  • Consenso Brasileiro de Psoríase e guias de tratamento. Rio de Janeiro: Sociedade Brasileira de Dermatologia; 2006.
  • AZULAY, Rubem David. Dermatologia, 7ª edição. Guanabara Koogan, 08/2017.