Púrpura de Henoch-Schönlein

henoch schonlein purpura

A púrpura de Henoch-Schönlein é a vasculite sistêmica mais comum na infância, sendo caracterizada por púrpura não-trombocitopênica palpável. A manifestação clínica mais freqüente é a púrpura palpável não relacionada com a redução das plaquetas em 100% dos pacientes e de localização predominante em pernas, coxas, pés e nádegas, podendo ocorrer também em: face, couro cabeludo, braços e raramente tronco. O edema subcutâneo tem localização predominante em mãos e pés. Ainda é associado a artralgia ou artrite que acomete joelhos e tornozelos, dor abdominal, náuseas, vômitos, sangramento intestinal e alterações nos exames de urina como hematúria e proteinúria.

Referências

  • ALFREDO, Camila S. et al. Púrpura de Henoch-Schönlein: recorrência e cronicidade. Jornal de Pediatria, [s.l.], v. 83, n. 2, p.177-180, abr. 2007. FapUNIFESP (Scielo). http://dx.doi.org/10.1590/s0021-75572007000200013.