É o “edema intracelular” que ocorre na epiderme e nas estruturas epiteliais dos anexos, as células espinhosas afetadas tem seu citoplasma pálido e inchado. A ruptura dos queratinócitos marcadamente inchados leva à formação de um padrão de epiderme que se assemelha a uma rede e, portanto, é denominada alteração reticular. Quando há balonização importante dos queratinócitos, com alteração reticular, a necrose deles é inevitável. Balonização é uma característica das infecções por alguns vírus, tais como: herpes, poxvírus e Coxsackievirus, mas também de doenças não infecciosas como eritema multiforme, erupção fixa por drogas, e na doença de Mucha Habermann.